MENU TOPO

Notícias do Vinho

4 novas DO marcam mudanças na legislação vinícola do Chile

11-jun-18 Chile

Uma alteração importante no decreto 464 agora permite a existência de DOs menores que um município, valorizando as características dos pequenos territórios e desvinculando as delimitações da esfera geo-política.

Depois de uma década de argumentações e trâmites, um grupo de produtores, liderados pela dinâmica Mariluz Marin, comemora a aprovação dessa mudança na legislação específica das Denominações de Origem, juntamente com a criação de 4 novas DO.

Lo Abarca, Lingues, Apalta e Lincatén inauguram um novo conceito que deve ser aplicado daqui em diante em inúmeras localidades, vindo de encontro a recentes melhorias na percepção do território chileno.

Essa mudança aproxima o Chile do critério internacional para a identificação de localidades com personalidade específica, como é tradição na Europa, principalmente nan França e na Itália.

Espanha, Estados Unidos e outros países produtores também já estabeleceram critérios semelhantes, valorizando o micro-terroir e a sabedoria dos pequenos produtores, o que cria produtos com personalidade mais típica, na contra-corrente das produções de grande volume.

Segundo Mariluz, a única a possuir um vinhedo em Lo Abarca, a 4 km do oceano, `devem surgir mais reconhecimento de territórios específicos, em um trabalho de longo prazo, com a participação do Estado e dos proprietários´.

A Casa Marin produz vinhos diferenciados, voltados para a expressão do território, trabalho que agora terá um reforço na identificação oficial nos rótulos.

Voltar para a lista de noticias

© 1997-2018 Academia do Vinho
Aprecie o vinho com moderação
Nenhuma reprodução, publicação ou impressão de textos ou imagens deste site está autorizada